SEO

5 dicas do que não fazer em seu site

O que não fazer no seu siteÉ muito fácil encontrarmos textos sobre as dicas recomendadas de como desenvolver uma estrutura e um melhor conteúdo para o site, mas dificilmente é comentado sobre o que não se deve fazer. E, quando não sabemos o que não é recomendado, podemos ficar na dúvida e até mesmo implementar algumas ações erradas em nosso site que podem prejudicar mesmo com todo o esforço positivo implementado Hoje falaremos sobre 5 coisas que não devem ser, de modo algum, implementadas no seu site (interno e externo) e que podem prejudicar muito o seu desempenho nos buscadores.

1. Conteúdo Duplicado

Alguns sites em seu início não pensam em desenvolver a sua estrutura e acabam copiando textos de outros sites para poder possuir uma boa base enquanto desenvolvem um conteúdo melhor para a sua página. Conteúdo duplicado é sempre visto com maus olhos pelos buscadores, porque eles entendem que você está querendo manipulá-lo ao invés de se esforçar para desenvolver o seu próprio conteúdo. O recomendado é que você sempre elabore textos únicos e relevantes para os usuários, de modo que eles consigam lhe encontrar e também confiar na sua marca. Caso não utilize desse pressuposto, pode acabar de gastar muito tempo no seu site e não conseguir resultados.

2. Não pensar no design

Já mencionamos aqui no blog a importância do design de um site. O problema de não desenvolver essa parte do seu site, é que muitas vezes isso espanta o usuário e dá menos credibilidade para o seu conteúdo. Digamos que você consiga um bom posicionamento nos buscadores independente dessa parte do seu site, pode acontecer do usuário clicar no seu endereço e assim que vê onde caiu sair, aumentando muito a taxa de rejeição do seu site e podendo fazer com que ele perca o posicionamento e consequentemente seus possíveis clientes.

3. Uso de Flash

Nos anos 90 era normal entrarmos em sites desenvolvidos em Flash, as vantagens é que ele aceitava melhor animações, alguns colocavam música e pode até desenvolver uma arte mais elaborada que atrai alguns negócios. O problema do Flash é que os buscadores não conseguem ler o seu código e o que está escrito dentro do site, ou seja, mesmo que você possua um conteúdo extenso e de qualidade, se o buscador não conseguir ler, você nunca conseguirá bom posicionamento e bons resultados do crescimento do seu negócio no meio online. Além disso, mesmo que alguém consiga encontrar o seu site, se ele estiver navegando por iPad ou iPhone, pode não conseguir ver o seu conteúdo adequadamente por não rodar Flash nesses aparelhos.

4. Usar textos no formato imagem

Assim como no caso do Flash, os buscadores não conseguem ler as imagens, podemos tentar minimizar o problema inserindo o ALT na imagem, mas o resultado não é o mesmo do que quando possuímos uma página realmente com conteúdo onde podemos desenvolver uma estratégia de linkagem interna e fazer com que esse texto seja mais claro para a sua indexação.

5. Links Externos Irrelevantes

Black HatCada vez mais os buscadores, principalmente o Google, combate o que era feito no início do trabalho de SEO, onde as pessoas trabalhavam para adquirir links externos sem pensar na qualidade, dando mais ênfase para um termo que chamamos de PageRank, ou seja, a importância de um site que vai de 0 a 10. Hoje em dia, assim como é importante o desenvolvimento de conteúdo único e de qualidade, é importante que os links adquiridos não passem a impressão de que foram elaborados por uma máquina, eles precisam parecer naturais e também não estarem sempre presentes apenas em uma listagem que não possua um conteúdo para justificar a sua presença naquela página. Caso o seu site ainda faça as práticas de adquirir links automáticos ou de má qualidade, um dia ele poderá ser punido e sair dos buscadores e, para reverter essa situação, apenas preenchendo formulários de reconsideração e modificando as suas ações pela web. Esses são apenas 5 dos exemplos de coisas que você deve evitar ao máximo de fazer no seu site, mas existem diversas outras que também não são recomendadas. Tem alguma que você lembre?

Eduardo Storini
Desde 2009 atuando no mercado de marketing digital brasileiro. Trabalha ativamente no desenvolvimento de novas estratégias para aumento de vendas e captação de leads para os clientes da Agência St.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *