SEO

Paginação infinita amigável aos buscadores

No dia 11 de abril de 2014, o Google soltou um comunicado em seu blog oficial informando que existe mais um ajuste que pode ser realizado em seu site para que seja possível que os buscadores consigam identificar sites que possuem rolagem infinita.

A rolagem infinita é aquela em que não se usa os números no rodapé da página para mudar de uma para a outra, nela chegamos ao final da página e aumenta a rolagem do site, aparecendo as postagens mais antigas, por isso do nome.

Apesar de facilitar a vida do usuário, o problema da rolagem infinita é que dificulta o trabalho dos robôs que acessam o seu site, de modo que eles não conseguem identificar diversos aspectos importante para compreender o conteúdo. Com isso, sites que utilizam dessa ferramenta podem acabar não tendo os seus conteúdos rastreados e não aparecendo nos resultados de buscas, ou seja, perde a chance de conseguir chegar aos usuários que precisam do seu conteúdo.

Como os bucadores veem a rolagem infinita
Como os bucadores veem a rolagem infinita quando ela está otimizada. Fonte: Blog Oficial do Google para Webmasters

Para que não existam mais problemas, o Google explicou que para que os rastreadores consigam visualizar o seu conteúdo, você precisa configurar o seu sistema de modo que o seu site produza uma sequência paginada que acompanhe a sua rolagem infinita.

A vantagem da implementação, além dos robôs conseguirem identificar o seu site, é o fato de que os itens possam ser vistos apenas uma vez, ou seja, não criando conteúdo duplicado, o que é outro fator que pode acabar prejudicando o seu site.

Passo a passo para deixar a rolagem infinita compatível com a pesquisa

1 . Preparando o processo

  • Separe seu conteúdo em páginas componentes que podem ser acessadas mesmo quando o JavaScript estiver desativado.
  • Determine quanto de conteúdo terá cada página.
    • Faça com que seja fácil o usuário encontrar o que precisa na sua página e não precise ficar rolando muito a barra.
    • Tenha um tempo de carregamento razoável para não deixar o site pesado e o usuário esperando muito tempo.
  • Divida o conteúdo corretamente para que não tenha sobreposição das páginas.

2 . Estruture as URLs

  •  Estruture as URLs para que funcione corretamente o processamento de mecanismo de pesquisa da rolagem infinita.
  • Cada página precisa conter um URL completo. É recomendado a URL completa para que diminua os riscos de erros de configuração. Exemplo:
    • Bom: example.com/category?name=fun-items&¨page=1
    • Bom: example.com/fun-items?lastid=567
    • Ruim: example.com/fun-items#1
    • Tenha certeza que cada URL leva para o conteúdo correto.
  • Todos os parâmetros das URLs devem seguir as seguintes recomendações:
    • Garanta que a URL exibe o mesmo conteúdo até mesmo duas semanas depois.
    • Evite utilizar parâmetros de URL que utilizem a base de tempo relativo: example.com/category/page.php?name=fun-items&days-ago=3
    • Crie parâmetros que exibam para o usuário o que ele pesquisou, com conteúdo relevante
    • Evite utilizar parâmetro que não são importantes aos usuário que está fazendo a pesquisa: example.com/fun-places?radius=5&lat=40.71&long=-73.40

rel=next e rel=prev no <head>

Configure o rel=next e rel=prev no <head> de todas as páginas do seu site. Desse modo você consegue demonstrar ao robô qual a sequência da sua paginação. Já os valores referentes a paginação que forem inseridos no <body> não serão levados em consideração para indexação, pois eles podem ter sidos criados sem a intenção do webmaster.

Implementação do replaceState/pushState

Realiza a implementação do replaceState/pushState em sua página de rolagem infinita. Dependendo de você ou do comportamento dos usuários do seu site que você decide qual deles implementar, ou até mesmo se utilizará os dois. O Google recomenda a utilização do pushState para o seguinte:

  • Oferece aos usuários a possibilidade de fazer backup de todo o conteúdo que foi repaginado recentemente
  • Ações do usuário que possam parecer uma virada de página ou clique.

TESTE!

  • Verifique se a URL está modificando conforme você rola a página para cima ou para baixo. No site de rolagem-infinita-com-paginação é possível verificar como que ele deve funcionar.
  • Verifique se as páginas inexistentes retomam um páginas 404, isso inclui o final da sequência do seu site.

Há outras maneiras também de implementarmos corretamente uma paginação em rolagem infinita que mostraremos em um próximo artigo.

Eduardo Storini
Desde 2009 atuando no mercado de marketing digital brasileiro. Trabalha ativamente no desenvolvimento de novas estratégias para aumento de vendas e captação de leads para os clientes da Agência St.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *